Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Alepo consagrada a Nossa Senhora de Fátima
18.05.2017
A emoção tomou conta de muitos em Alepo em13 de maio. No dia em que se assinalaram os 100 anos da primeira aparição de Nossa Senhora aos três pastorinhos em Fátima e no dia em que o Papa Francisco canonizou Francisco e Jacinta, aquela cidade Síria, devastada pela guerra, foi consagrada a Nossa Senhora de Fátima.


Centenas de pessoas participaram no dia 13 de maio, numa procissão pelas ruas do bairro cristão de al-Azizie. No facebook da catedral, pode ler-se: «Muitos de nós chorámos porque depois de seis anos fomos capazes de organizar a procissão pelas ruas de Alepo sem medo de mísseis. Com emoção, damos as boas-vindas à Virgem de Fátima a Alepo e com a esperança que a Virgem Maria reze pela paz de todos na Síria.»
 

 
A Missa foi celebrada na Catedral de São Francisco de Assis, também conhecida por Igreja Latina dos Franciscanos. De acordo com a Catholic News Agency, presidiu o Pe. Ibrahim Alsabagh. Nas imagens vídeo da paróquia, podem ver-se também alguns bispos e muitos sacerdotes e religiosas. O cântico «Ave Maria» foi cantado e é perfeitamente audível no vídeo. A imagem enviada pelo Santuário de Fátima para Alepo esteve presente e foi transportada pelas ruas depois da Eucaristia. Muitas centenas de pessoas acompanharam a procissão. Veem-se também escuteiros e bandas de música.

Cristãos na Síria rezam pela paz
Na conta de facebook “SOS Cristãos na Síria” diz-se que a igreja «estava cheia de fé e muitos choraram porque há muitos anos que não se fazia uma procissão com a imagem de Nossa Senhora de Fátima». Nessa página pode ler-se: «Deixem-nos dar graças a Deus por este dia celestial que pudemos experienciar e entregar os cristãos de Alepo à nossa Abençoada Mãe. Possa ela, a Rainha da Paz, que deu ao mundo o Príncipe da Paz, garantir-nos a paz tão desejada para o Médio Oriente e o mundo inteiro.»
A consagração de Alepo fez parte das atividades de centenário das aparições de Fátima. A imagem de Nossa Senhora de Fátima foi benzida por D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, na peregrinação de 13 de outubro de 2016 e enviada para Alepo depois.
A cidade de Alepo tem sido fustigada pela guerra. Ainda em abril, um ataque a uma coluna de veículos civis que abandonavam a região foi atacado, tendo morrido quase 100 pessoas, mais de 60 eram crianças.
 
Texto: Cláudia Sebastião com Catholic News Agency
Fotos: Paróquia de São Francisco de Assis, Alepo
Continuar a ler