Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Diocese de Lisboa vive YOUCAT Day
19.11.2016
Aproximadamente dois mil jovens encontram-se reunidos hoje em Lisboa, no encontro diocesano da catequese. No seguimento do lançamento da obra DOCAT nas Jornadas Mundiais da Juventude, o departamento diocesano da catequese, em parceria com a Paulus Editora (responsável pela publicação da obra em Portugal) decidiu criar o YOUCAT Day e concentrar a reflexão deste ano nos temas da Doutrina Social da Igreja.


À Família Cristã, o responsável do departamento do secretariado diocesano da catequese, Pe. Tiago Neto, explica que o objetivo deste dia é o de «que seja um dia festivo, de encontro para os adolescentes de toda a diocese de Lisboa. Achámos que seria interessante juntarmos um encontro de adolescentes e dar-lhe esta temática de relação com a catequese e com os conteúdos daquilo que são as verdades da fé».

Partindo dos ensinamentos do documento da Igreja, os responsáveis pretenderam criar uma dinâmica que leve os jovens a identificar e a interiorizar os ensinamentos doutrinais na sua vida de todos os dias. Os cristãos são chamados a viver os valores da Doutrina Social da Igreja, em «todas as idades», assegura o responsável da diocese, acrescentando que é importante que os jovens percebam o seu papel ativo nessa matéria, já que podem, «através de pequenos gestos, atitudes, marcar a diferença» e que é «fundamental criar laços entre a fé e a vida» e que eles consigam fazer a ponte entre «o que é acreditar e o que é viver e estes dias (e temas) ajudam a isso», continua o Pe. Tiago Neto.

Provenientes de 80 paróquias da diocese, de todas as vigararias, e divididos em dez grupos, por dez igrejas, estes jovens experimentam, através do testemunho de vários especialistas, nas várias áreas, os temas da Doutrina Social da Igreja.

Durante a manhã tiveram catequeses e esta tarde encontram-se a desenvolver atividades que coloquem em prática o que ouviram, numa abordagem diferente da habitual. «Procurámos aqui na zona da baixa de Lisboa encontrar espaços e propostas que tivessem que ver com a área social e com aquilo que é a intervenção na sociedade. Temos participação em atividades numa loja social, em limpeza urbana, vão ter uma visita ao quartel da GNR (tema da paz), apresentação de iniciativas, como o trabalho da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, qual é o trabalho social das juntas de freguesia aqui na zona. A ideia é que eles tenham um tempo que, ou fazendo, ou refletindo isso os leve a agir na prática em alguma iniciativa», afirma o Pe. Tiago Neto.

Este é um encontro que «procura ser formativo, os jovens encontram-se num grande ambiente com milhares de adolescentes da idade deles; viver os conteúdos da fé e os conteúdos que são propostos na catequese assim desta forma é que faz a diferença. Estes dias aparecem com a novidade de trabalhar os conteúdos da fé de uma forma nova e essa forma nova tem que ver com o facto de trabalharem noutros lugares e com outros jovens da idade deles e estarem agregados com um objetivo».

O Pe. José André Ferreira, representante da Paulus Editora, acrescenta que o objetivo deste encontro (e da publicação da obra), aparece como resposta ao pedido do Santo Padre. «O Papa, no prefácio do DOCAT diz que não espera que os jovens o leiam debaixo de uma árvore e que façam conferências sobre o DOCAT. Ele diz: "este é o meu sonho, que haja uma geração inteira  de jovens que seja uma doutrina social em movimento" e a Paulus tem esse objetivo: um livro nunca está terminado até que o leitor o leia e tire as suas conclusões. Portanto, é bom que os jovens sintam a importância de ter este instrumento nas mãos e também de se associarem ao sonho do Papa. Queremos que o maior número de jovens se sintam animados a sonhar com o Papa e a fazerem parte desta geração de jovens que seja uma doutrina social em movimento para que o livro faça sentido e seja concluído com a vivência de cada jovem.»
Texto e fotos: Rita Bruno
Continuar a ler