Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Há alimentos para preparar o inverno?
15.11.2017
A Dr.ª Micaela Oliveira é médica interna de Medicina Geral e familiar do Centro de Saúde de Anadia e a responsável pelo espaço Viver Melhor da FAMÍLIA CRISTÃ. Este mês escreve sobre os alimentos para preparar o inverno.

É preciso saber interpretar os sinais da natureza e escolher uma alimentação adequada para o inverno. Os alimentos da época têm tendencialmente um valor nutritivo mais rico e ainda possuem menos pesticidas.

Alimentação no inverno
O inverno é a época dos citrinos, das maçãs e peras, frutos com baixo valor calórico mas repletos de vitaminas e que ajudam a combater as infeções respiratórias devido ao alto teor de vitamina C.

Também os vegetais como couve, grelos e nabiça têm nutrientes importantes para fortalecer o sistema imunitário e devem ser parte integrante de uma alimentação saudável, em particular no inverno.

Quanto aos hidratos de carbono, deve preferir-se os de absorção lenta, porque são processados de forma progressiva, ajudando o organismo a encontrar o seu equilíbrio natural. Neste caso incluem-se os cereais (como o pão, o arroz e a massa), os tubérculos (como a batata) e as leguminosas (como o feijão, o grão e as favas).

Estes alimentos são ricos em vitamina C, vitamina A e minerais, como o ferro, e ajudam, portanto, na defesa contra as infeções respiratórias e estimulam a imunidade e a resistência física.

Os frutos secos também devem ser mais consumidos, pois as nozes, as amêndoas e as avelãs constituem uma importante fonte de vitaminas e de magnésio.

Os alimentos devem ser cozidos com pouca água ou a vapor, sem adição de gorduras. Como alternativa, podem ser estufados ou assados com pouca gordura e pouco sal. As ervas aromáticas e as especiarias são excelentes alternativas para conferir um sabor mais ao gosto de cada pessoa.
 
Conselhos para manter uma alimentação equilibrada
Prefira refeições quentes e que confortem, tais como sopa de legumes, ingestão de cereais integrais, que pelo seu elevado teor de fibras conferem saciedade, e bebidas quentes com leite como fonte de proteínas e cálcio ou chás, que além de aquecerem também hidratam e têm frequentemente antioxidantes que ajudam a proteger de doenças.

O texto completo pode ser lido na edição de novembro da FAMÍLIA CRISTÃ.
 
Foto: PTFreeImages/Enri_Bi e Carlos Paes
Continuar a ler