Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Monte Real prepara-se para saudar o Papa
12.05.2017
Encontramos Stélia Pedrosa na primeira rotunda que o Papa Francisco verá em Monte Real. Uma grande faixa branca tem escrito «Monte Real saúda o Papa Francisco». De cada lado uma pomba branca. Stélia tem os dedos feridos da agulha. «Por causa do vento temos de cozer a faixa a estes ferros, mas o tecido é rijo», explica. Stélia Pedrosa prende faixa que saúda Papa Francisco.

A decoração das rotundas até à Base Aérea será feita com flores de plástico de várias cores. Stélia conta que «grupos da catequese de paróquias aqui à volta vão concentrar-se para quando o Papa passar de carro».



Na rotunda junto à Base Aérea N.º5 é Carlos Coelho quem orienta os trabalhos. Os três homens são membros do Conselho Económico e Social da paróquia de Monte Real. Prendem flores vermelhas e brancas para decorar o espaço. Conversamos enquanto vai prendendo as flores. «Amanhã esta divisória do corredor central de acesso à Base estará com um tapete de flores, se o tempo deixar», diz Carlos, enquanto olha o céu. Carlos sorri enquanto explica que enfeitar os locais por onde o Papa vai passar «é um símbolo de receber e darmos-lhe um bocado de estímulo e mostrar a nossa amizade e carinho que temos por ele».

Carlos Coelho (de verde) e companheiros enfeitam rotunda junto à Base Aérea.

Quando Francisco por aqui passar terá também uma faixa dizendo «O Povo desta terra saúda-o e reza consigo». Carlos diz que os crentes querem «mostrar gratidão, carinho e fé» e acrescenta: «Ele pede sempre para rezarmos por ele e nós temos obrigação de fazer isso e tornar o mundo um pouco melhor». 
Muito perto está Sofia Costa. Esta jovem é dona de uma loja de eventos e vai oferecer um terço com balões brancos e prateados. A ideia é lançá-los quando o Papa passar de carro. Por agora, ela e dois colegas montam uma tenda para vender pipocas e água.
 
Reportagem e fotos: Cláudia Sebastião
Continuar a ler