Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Patriarcado de Lisboa reza por chuva
30.10.2017
Mais de 87% do país está em seca severa e 7% em seca extrema. No distrito de Viseu, vários concelhos estão a ser abastecidos por camiões de água. É neste contexto que o Patriarcado de Lisboa emitiu esta segunda-feira, dia 30 de outubro, uma nota com uma proposta de oração pela chuva.



No texto, divulgado na internet, D. Manuel Clemente lembra a «prolongada seca» que se vive no país. O Cardeal-Patriarca afirma recorda também que «o Missal Romano inclui orações por necessidades de vária ordem, também no que à natureza se refere». Nesta situação de atual seca severa, D. Manuel Clemente propõe «aos irmãos sacerdotes do Patriarcado de Lisboa que, quando a Liturgia diária o permita, celebrem a Missa para Diversas Necessidades, com a prevista Oração Coleta: “Deus do universo, em quem vivemos, nos movemos e existimos, concedei-nos a chuva necessária, para que, ajudados pelos bens da terra, aspiremos com mais confiança aos bens do Céu. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.” Além disso, pode-se sempre juntar idêntica intenção na Oração Universal.»

O Patriarca de Lisboa termina a nota defendendo que «com a oração insistente, mais coincidiremos com a vontade de Deus, que conta sempre com a nossa corresponsabilidade».

Já nas celebrações do 12 de outubro, no Santuário de Fátima, na missa da noite, tinha sido incluída uma intenção pedindo chuva: «Para que seja concedido ao nosso tempo a chuva tão necessária aos nossos dias e benéfica para a fecundidade da terra e a abundância de colheitas.»
 
Texto: Cláudia Sebastião
Foto: PTFreeimages/Constancia

 
Continuar a ler