Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Precisamos de menos hostilidade
25.07.2017
Na vida política, nas famílias, na sociedade em geral, a violência verbal e a hostilidade marcam os dias. Há discussões acesas em que se discutem poucas ideias. Ataques pessoais apenas porque a outra pessoa pensa de forma diferente.

Quem anda pela internet e pelas redes sociais deve já ter notado isto. Muitas pessoas dedilham na web aquilo que nunca teriam coragem de dizer cara a cara. Beneficiaríamos todos se a nossa sociedade e a nossa pegada digital fossem menos hostis.

Recentemente, conheci o Manifesto da Comunicação Não-Hostil. E faz tanto sentido. São dez princípios para a utilização das redes sociais, uma forma de estar menos-hostil, e, no meu entender, mais cristã também. Os princípios são estes. São para aplicar e refletir.
 
  1. Virtual é real.
  2. Somos aquilo que comunicamos.
  3. As palavras dão forma ao pensamento.
  4. Primeiro escutar, depois falar.
  5. As palavras são uma ponte.
  6. As palavras têm consequências.
  7. Partilhar é uma responsabilidade.
  8. As ideias podem discutir-se. As pessoas devem respeitar-se.  
  9. Os insultos não são argumentos.
  10.  Também o silêncio comunica.
Para quem compreende italiano, fica aqui o vídeo do projeto Parole Ostili, responsável pelo Manifesto pela Comunicação Não-Hostil.