Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Calor no Natal!
16.12.2019
Falta pouco para o Natal, as férias estão mesmo quase a chegar. São dias de festa e alegria, são momentos em que passamos mais tempo juntos, em família, com as pessoas que mais gostamos. Embora pareça clichê, o Natal é, na verdade, a época das reuniões familiares, onde não faltam os jantares e os festejos de mesa farta e uma lista interminável de sobremesas. A avó faz as filhós, a mãe prepara os sonhos, o avô encomenda o bolo-rei e a tia traz o arroz-doce. São todas receitas de boas calor(ias), porque são feitas com amor e carinho.
 
Contudo, quando nos encontramos todos à mesa o que verificamos é que estamos a prestar mais atenção aos ecrãs do que aos nossos familiares. Tiramos selfies, fazemos vídeos, enviamos mensagens e damos tablets aos mais novos para ficarem entretidos. Estas são algumas das cenas habituais que refletem a excessiva imersão digital em que vivemos. Mas está nas nossas mãos inverter esta situação. Por estes dias, falar, escutar, olhar, abraçar e servir o outro deve ser sinónimo do mais fraterno calor humano. A tecnologia não é boa nem é má, mas cabe a cada um de nós saber utilizá-la de forma eficiente e a nosso favor. Assim, deixo-vos algumas sugestões que em família podem utilizar:
 
– Procurar receitas originais na internet – O Natal é uma época de tradições e sabe tão bem saborear aqueles pratos elaborados que só se comem uma vez por ano. Falo do peru assado no forno, do arroz de pato e do pudim mistério. No entanto, é sempre bom inovar, especialmente quando o tema é ser saudável e reduzir algumas calorias. A internet é uma fonte inesgotável de recursos gastronómicos e existem inúmeras receitas e tutoriais online com os quais se pode aprender a cozinhar.
 
– Comprar presentes online – Por mais que se tente, é inevitável não deixar algumas compras para a última hora. Porque não tivemos tempo ou porque um parente que não era previsto até acabou por vir ao jantar. Diante destas situações, a tecnologia pode ajudar, através das compras online, que muitas vezes possuem a modalidade de entrega rápida em casa.
 
– Criar listas de reprodução colaborativa – Aquele momento em que já está tudo feito e estamos apenas à espera que cheguem os familiares, normalmente sabe sempre bem ser acompanhado por uma banda sonora. É a hora das canções de Natal e da música ambiente. Porque não aproveitar as novas tecnologias para que todos possam mostrar qual é a sua música preferida? É a hora de fazer streaming de plataformas de música digital, onde é possível criar uma lista de reprodução colaborativa à qual cada convidado pode adicionar músicas através do seu smartphone.
 
– Ensinar os mais velhos a usar a tecnologia – Os membros mais jovens da família são geralmente os mais experientes e familiarizados com as novas tecnologias. O Natal pode ser uma boa altura para os netos partilharem os seus conhecimentos com os avós.
 
– Aproximar quem está longe – Embora seja uma data para todos estarem juntos, nem sempre é possível reunir toda a família. A tecnologia pode ajudar aqueles que estão longe a sentarem-se à mesa, através das videochamadas.
 
– Lembrar os melhores momentos do ano – Agora, graças às televisões inteligentes e à conectividade móvel, é possível a todos os membros da família projetarem as suas recordações do ano inteiro, diretamente a partir dos seus smartphones.
 
– Receber a bênção Urbi et Orbi –  S.S. o Papa Francisco no dia de Natal dá uma bênção solene a todos os fiéis: Urbi et Orbi – expressão que significa «para a cidade e para o mundo». A bênção pode ser recebida através da televisão, rádio, YouTube, etc., em mais de 60 idiomas. É uma maneira de nos juntarmos ao Papa e a todos os católicos do mundo.
 
Vamos esforçar-nos por dar mais afeto e calor(ias) neste Natal. Para que, com a ajuda das novas tecnologias, seja o melhor dos últimos anos. Santas Festas para todos!