Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Irmãos condenados à morte por blasfémia
17.12.2018
Dois irmãos foram condenados à pena de morte no Paquistão, acusados de blasfémia. Em causa a publicação na internet de informação considerada ofensiva para o Islão. Os dois homens são cristãos e estavam detidos desde 2015.

De acordo com a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), Qaisar e Amoon Ayub foram julgados dentro da prisão por razões de segurança. Vai ser apresentado um recurso desta decisão para o Supremo Tribunal de Lahore. Foi criada recentemente uma comissão para a proteção dos direitos das minorias religiosas no Paquistão, depois do aumento da perseguição e violência no país. A Lei da Blasfémia, invocada para justificar a condenação à morte dos dois irmãos, foi também a que serviu para acusar Asia Bibi, recentemente libertada, mas impedida de sair do Paquistão. Neste país, a religião oficial é o Islão, mas a Constituição garante liberdade religiosa de culto. Contudo, o extremismo tem estado a ganhar espaço.
Continuar a ler