Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
JMJ 2022 vai ser uma Jornada «à portuguesa»
29.01.2019
O Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, foi hoje recebido no aeroporto de Lisboa por mais de uma centena de jovens que aguardavam em clima de festa a chegada do prelado depois do anúncio que Lisboa seria a sede da XXXV Jornada Mundial de Juventude.


Com gritos entusiastas de “Esta é a juventude do Papa”, D. Manuel Clemente agradeceu o acolhimento de sorriso rasgado, e falou aos jornalistas de uma Jornada que pode trazer «mais de dois milhões» de jovens a Lisboa em 2022.
 
Sobre a forma como irá decorrer a Jornada, D. Manuel Clemente diz que irá ser feita «à portuguesa». «Vamos fazer à portuguesa, com aquilo que nos caracteriza em termos de acolhimento, e devo dizer que no Panamá foram inexcedíveis no acolhimento, não só os jovens, mas a população em geral. Mas aqui em Portugal será também», garantiu.
 
Explicando que as Jornadas começam muito antes daquela semana, o Cardeal Patriarca de Lisboa quer ver envolvido todo o país, e reafirma que Lisboa «há-de aguentar este embate». «As Jornadas realizam-se numa semana, com o Papa nos últimos dias dessa semana, mas começam muito antes, e irá começar em todo o país com que eles proporcionarão aos jovens que vêm de toda a parte. E devo dizer-vos que dos cinco continentes que estiveram no Panamá só há é muita vontade de vir. Lisboa há-de aguantar este embate que é uma coisa que certamente ultrapassará os dois milhões», afirmou.
 
D. Manuel Clemente voltou a reafirmar que a proximidade territorial e emocional a África terá pesado na decisão do Papa. «O facto de Lisboa ter esta ligação à lusofonia, de ser habitada por dezenas e dezenas de milhares de populações lusófonas, vindas sobretudo de África, pesou com certeza na decisão. Desde o primeiro momento, e ainda falava ontem isso com os meus colegas angolanos, que contamos com eles», concluiu, antes de deixar os jornalistas e se juntar aos jovens na festa que faziam na zona das chegadas do Aeroporto de Lisboa.
 
Reportagem e fotos: Ricardo Perna
Continuar a ler