Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Pastoral Familiar elogia Fórum «enriquecedor» no Vaticano
17.06.2021
O casal responsável pelo Departamento Nacional da Pastoral Familiar (DNPF), Francisco e Isabel Pombas, faz uma avaliação muito positiva do Fórum «Em que ponto estamos relativamente à Amoris Laetitia? Estratégias de aplicação pastoral da Exortação do Papa Francisco», organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. Para além do casal, participaram, pelo DNPF, o Pe. Francisco Ruivo, assistente nacional, e D. Joaquim Mendes, presidente do Comissão Episcopal do Laicado e Família, reforçando que «cabe agora às centenas de delegados criar uma dinâmica de implementação» das várias propostas lançadas.

Os participantes portugueses todos no canto inferior esquerdo do ecrã 
Depois do Pe. Alexandre Awi Mello ter referido à Família Cristã a riqueza destes dias de trabalho com a participação dos representantes da Pastoral da Família de 70 Conferências Episcopais e dos responsáveis de mais de 30 movimentos internacionais com ligação à Pastoral Familiar, num total diário de mais de 200 participantes via Zoom, ou seja cerca de 350 delegados, durante uma jornada de quatro dias consecutivos, o casal responsável pelo DNPF declarou, numa nota enviada à Família Cristã, que a grande surpresa nestes dias de trabalhos intensos foi a proposta lançada de um «percurso Catecumenal para o Matrimónio». «Foi para nós a grande novidade deste Forum», considera o casal.
 
A proposta foi lançada por Gabriella Gambino, Subsecretária do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, e visa lançar o desafio de «implementar percursos de preparação para o Sacramento do Matrimónio que se alarguem para além da preparação imediata (preparação de noivos) e se iniciem com a preparação dos namorados com vista ao discernimento vocacional». «Estamos conscientes da dificuldade de implementar um percurso deste tipo na sociedade atual», refere o casal Pombas, adiantando, no entanto, que «uma preparação de um jovem para o Sacramento do Batismo ou do Crisma pode prolongar-se por um ou mais anos e para o matrimónio basta uma preparação de um fim-de-semana», que pode ser manifestamente insuficiente.
 
Este Catecumenato para o Matrimónio pode «alargar-se aos primeiros anos da vida conjugal, sendo uma forma de garantir apoio aos jovens casais», uma das propostas lançadas pelo Papa Francisco na Amoris Laetitia e que, conforme a reportagem da Família Cristã já noticiou, ainda não está bem implementado no nosso país.

Francisco e Isabel Pombas durante a sua participação no Fórum promovido pelo Dicastério dos Leigos, Família e Vida 
Para além desta ideia, Francisco e Isabel Pombas destacam que foi «muito enriquecedor, e em alguns casos até surpreendente», observar como alguns países colocavam em prática as linhas pastorais defendidas pelo Papa na exortação, e indicam que «foi dada grande importância no Forum à formação dos casais que desempenham funções pastorais». «Os problemas atuais que as famílias enfrentam, que tão bem identificados estão no capítulo II da Amoris Laetitia, obrigam a que os agentes da Pastoral Familiar tenham uma formação adequada e que se criem equipas multidisciplinares formadas essencialmente por casais com esta formação», refere o casal.
 
Finalmente, deixam um destaque para uma referência à pastoral dos idosos e das pessoas com incapacidades, que, não sendo o tópico deste Fórum, foi uma temática muito partilhada por estes dias. «Foi transversal a todo o Fórum a necessidade de integrar os idosos e as pessoas com incapacidades na Pastoral Familiar. O primeiro Dia Mundial dos Avós e dos Idosos que se irá celebrar no próximo dia 25 de julho, resulta desta necessidade», sustentam, referindo que «nas próximas semanas o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida irá disponibilizar diversos recursos», com objetivo de que «este dia seja celebrado nas Paróquias e Dioceses com a maior participação possível de Avós e Idosos».

 
Texto: Ricardo Perna
Fotos: Capturas de ecrã do Dicastério para os Leigos, Família e Vida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Continuar a ler