Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
PAULUS Editora lança «Presidente dos Afetos»
31.10.2018
Chega às livrarias, na próxima semana, o livro Marcelo Rebelo de Sousa – O Presidente dos Afetos, uma obra que pretende mostrar quem é Marcelo Rebelo de Sousa, olhando para o lado humano, afetivo e para a dimensão social do Presidente da República e do homem.


Conhecido como “Presidente dos Afetos”, Marcelo Rebelo de Sousa, tem o mesmo à-vontade com chefes de Estado e com presos ou sem-abrigo. É um homem de fé e acredita que a política deve servir os outros. Senta-se no chão a falar com sem-abrigo, abraça e conforta quem chora desesperadamente, dorme pouco, sabe tudo sobre medicamentos, prega partidas e brinca com crianças.

«Foram entrevistadas mais de uma dezena de pessoas, amigos e outros que lidaram de perto com Marcelo Rebelo de Sousa em áreas a que tem dado especial destaque. Investigou-se exaustivamente a página da Presidência da República onde, até ao verão de 2018, estavam mais de dois mil vídeos com intervenções suas e ações oficiais. Esse trabalho foi completado com a análise de trabalhos jornalísticos, declarações públicas não oficiais e livros publicados», pode ler-se no comunicado da editora enviado às redações.

Marcelo Rebelo de Sousa comemora o seu 70.º aniversário no próximo mês de dezembro, e a PAULUS Editora associa-se à data como forma de «homenagear o Presidente da República e de contribuir para que muitos possam conhecer o lado humano, afetivo e próximo de Marcelo Rebelo de Sousa». 

A obra apresenta, no primeiro capítulo, o percurso biográfico de Marcelo Rebelo de Sousa, o «sonho de ser professor catedrático», o acompanhamento do Concílio Vaticano II, o «Grupo da Luz» e a atenção à justiça social no seu percurso como «professor catedrático, jornalista e político».

Os seis capítulos seguintes referem-se à presidência de Marcelo Rebelo de Sousa, que abraça «por missão», para ser «a voz dos que não têm voz», criar proximidade ao ponto de se descobrir «um chefe de Estado sentado no chão», com «preferência pelos idosos», que sentiu «o peso da tragédia dos incêndios», quis ser «voluntário de cuidados paliativos» e considera as «religiões essenciais à sociedade».

Em sete capítulos, Cláudia Sebastião mostra um presidente da República «conhecido como ‘Presidente dos Afetos’», que «tem o mesmo à-vontade com chefes de Estado e com presos ou sem-abrigo».

O livro é da autoria de Cláudia Sebastião, atualmente jornalista na revista Família Cristã. Durante 16 anos acompanhou intensamente a vida política nacional como repórter da editoria de política da TVI e jornalista parlamentar.

Juntamente com o livro estará disponível um postal de felicitações a Marcelo Rebelo de Sousa, por ocasião do seu aniversário, que poderá ser preenchido e enviado, para o Presidente da República.

Na introdução da obra, a autora refere que ao longo do livro revelam-se episódios pouco comuns para um chefe de Estado, como embalar bebés na prisão de Tires, onde cumprimentou todas as reclusas e ensinou uma delas a «melhorar a maquilhagem, prolongando o risco sob os olhos».

«Dorme pouco, lê muito. Há quem lhe chame hiperativo. Sabe tudo sobre medicamentos, prega partidas e brinca com crianças. Ao visitar a Cova da Moura, ajuda uma mulher a apanhar a roupa e mostra como costuma estender a sua», escreve Cláudia Sebastião na introdução ao livro.

O livro já está em pré-venda na loja virtual da PAULUS Editora em https://paulus.pt/marcelo-rebelo-de-sousa-o-presidente-dos-afetos
Continuar a ler