Precisa de ajuda?
Faça aqui a sua pesquisa
Vida Cristã
Que é a solenidade do Corpo e Sangue de Cristo?
14.06.2017
A Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, mais conhecida por «Corpo de Deus», que se celebra este ano em 15 de junho, tem as suas origens na Idade Média. A data é móvel e calha na quinta-feira após o Domingo da Santíssima Trindade.


Esta solenidade começou a ser celebrada por volta de 1246, na cidade de Liège, na Bélgica, tendo sido alargada a toda a Igreja pelo Papa Urbano IV, em 1264, através da bula Transiturus. Porém, não teve grande adesão desde o início. Isto deveu-se ao facto de o Papa Urbano IV ter falecido cerca de dois meses depois da proclamação da bula.
Durante os primeiros séculos, a Eucaristia era adorada publicamente, mas só durante o tempo da missa e da comunhão. A conservação da hóstia consagrada tinha sido prevista, originalmente, para levar a comunhão aos doentes e ausentes. Só durante a Idade Média se regista, no Ocidente, um culto dirigido mais deliberadamente à presença eucarística, dando maior relevo à adoração. No século XII, é introduzido um novo rito na celebração da Missa: a elevação da hóstia consagrada, aquando da consagração. No século XIII, a adoração da hóstia desenvolve-se fora da missa e aumenta a afluência popular à procissão do Santíssimo Sacramento. A procissão do Corpo e Sangue de Cristo é, neste contexto, a última da série, mas com o passar dos anos tornou-se a mais importante.
 
Em Portugal, há registos da celebração do Corpus Christi já no tempo de D. Afonso III. Atualmente várias cidades do país enfeitam as suas ruas com tapetes coloridos de flores por onde passa depois a procissão do Corpo de Cristo.
 
Texto: Alexandre Jardim
Foto: Ricardo Perna
Continuar a ler